O chocolate amargo é bom para a saúde?Veja qual é a história, qual é a verdade

0
49
1630423104 chocolate amargo
1630423104 chocolate amargo

O chocolate amargo pode ser um ótimo companheiro para os amantes de sobremesa sem sacrificar a saúde.

Esses alimentos são ricos em nutrientes e sabores, que são bons para o corpo e para o paladar. Dê uma olhada na história antiga abaixo para entender seus benefícios e quanto você pode beber por dia.

O que é chocolate amargo? Como é feito?

Não existe um procedimento padrão ou legal, mas para determinar o amargor, é recomendado que o leite com chocolate contenha pelo menos 70% de cacau (algumas empresas acham que o amargor é de 50%. Comecei).

O produto é cozido a partir de grãos de cacau, é um pouco doce e não usa leite. Quanto mais cacau em pó, menor o teor de açúcar da amostra. A pureza do chocolate varia muito, mas há opções nas lojas com teor de cacau de até 99%.

Este chocolate está próximo do sabor da comida asteca. Essas pessoas usam água amarga – xocolatl, que significa água amarga – para reter o cacau, que é muito popular agora.

De onde vem o chocolate?

Para preservar suas raízes, é importante lembrar que o cacau é uma árvore natural. Este é o resultado da extensão da região do México às regiões mais quentes da América do Sul fora da América Central.

Os primeiros vestígios de comida misturada podem ser rastreados até 1500 AC. Nasceu na civilização olmeca. Naquela época, conhecíamos o México.

Depois disso, os maias incluíram comida. Como resultado, o cacau começou a crescer a partir deles, e as bebidas feitas com essa semente foram consideradas puras.

A mistura chamada xocolatl pelos astecas também inclui ervas e pimenta no cardápio. Na cerimônia, o cacau torrado é comido com mel e outras especiarias.

Hoje, o chocolate transcende as barreiras culturais e está se tornando cada vez mais popular em todo o mundo. Ele vem em muitas formas diferentes e existem inúmeros tipos de manufatura.

Especialmente o chocolate amargo, seu processo de fabricação, padrão, teor de cacau e grau de acabamento são diferentes.

Que tal chocolate amargo?

De modo geral, quando os grãos do cacau são quebrados e removidos das sementes, começa o desenvolvimento desses bons métodos de tratamento. Esta é a camada básica do chocolate, mas ainda é amarga neste momento.

No processo de fabricação da versão semidoce de chocolate e leite, a fórmula contém muito açúcar e leite. O cacau recém-assado também afeta o sabor do chocolate adicionado a vários cafés.

O chocolate amargo costuma ser cozido em temperaturas diferentes, o que torna o produto final mais amargo. Devido ao clima quente, o Brasil tornou-se um país produtor de cacau, proporcionando o melhor ambiente para o cultivo do cacau.

Hoje, o país é o maior produtor da América do Sul e um dos maiores do mundo. O anúncio do chocolate amargo brasileiro no International Chocolate Awards não é por acaso.

Quais são os benefícios do chocolate amargo?

Quanto maior o teor de cacau do chocolate, mais limpo ele é. Portanto, tem baixo teor de açúcar e é mais eficaz do que antioxidantes e nutrientes. Excelente fonte de nutrientes como cobre, ferro, magnésio e manganês.

Por exemplo, zinco, selênio e potássio também estão presentes em pequenas quantidades. De acordo com um estudo da Universidade Loma Linda, alguns dos benefícios do uso do chocolate amargo incluem estresse, memória, melhora do humor e prevenção de doenças.

Também beneficia a cognição, os processos endócrinos e cardiovasculares. Portanto, é recomendável comer uma vez ao dia para garantir os benefícios à saúde listados abaixo.

Melhore o metabolismo

O chocolate escuro pode causar obesidade. Isso ocorre porque aumentará sua atividade metabólica e permitirá que seu corpo use mais calorias para completar as tarefas diárias.

Promova o apetite

De acordo com um estudo publicado pela National Library of Medicine da Holanda, promover a satisfação é um dos benefícios do chocolate amargo porque afeta a digestão.

Além disso, a presença de flavonóides na composição leva a uma diminuição da secreção de insulina. Por sua vez, isso retardará a fome imediatamente após a ingestão de açúcar.

Portanto, controlar os níveis de açúcar no sangue pode evitar a liberação excessiva de insulina. Esses medicamentos estão associados à dor abdominal e ao aumento da gordura abdominal.

Bom para o coração

Um estudo publicado em Melbourne, Austrália, revelou alguns danos ao corpo. Primeiro, comer chocolate amargo duas vezes por semana pode reduzir o risco de morrer de doenças cardíacas e outras doenças relacionadas ao coração.

Em segundo lugar, é rico em catequinas e proantocianidinas, que possuem propriedades antioxidantes. Esses compostos desempenham um papel na inibição de enzimas que aumentam a pressão arterial.

Em outras palavras, o chocolate amargo ajuda a controlar a pressão arterial. Além disso, comer chocolate com alto teor de cacau pode ajudar a aumentar o colesterol (HDL) e diminuir o colesterol (LDL).

Rico em antioxidantes

O chocolate amargo é um dos alimentos antibacterianos mais poderosos. Por exemplo, é mais valioso do que o açaí e mirtilos.

Portanto, pode prevenir os radicais livres. Entre os benefícios listados, pode reduzir o risco de leucemia e problemas cardíacos e prevenir o envelhecimento celular prematuro.

Promova a compreensão

Um dos benefícios mais conhecidos do chocolate é sua capacidade de liberar produtos químicos que promovem a saúde. Seu nome inclui as endorfinas redutoras de estresse e o poderoso antidepressivo serotonina.

Finalmente, ele libera anandamida, que é chamada de “produto da felicidade” por causa de suas propriedades antidepressivas, antidepressivas e antidepressivas. Além disso, a dieta é rica em aminoácidos e suporta certos hormônios que interferem no relaxamento e reduzem o estresse.

Quanto açúcar contém o chocolate amargo?

O teor de cacau é alto e o chocolate não contém açúcar. Mais informações sobre cada ingrediente de chocolate:

Chocolate doce: Também é chamado de escuro ou preto e contém os mais altos níveis de cacau e nutrientes. De modo geral, mais de 70% das pessoas consomem muito pouco açúcar e não produzem leite.

Portanto, o chocolate é o mais benéfico para a saúde, o único chocolate que pode garantir os produtos acima. Sua particularidade é o sabor amargo, pois a fórmula contém muito cacau ou álcool de cacau.

Esta é a melhor caloria, mas a mais saudável. Afinal, comer baixas calorias não significa seguir uma dieta saudável. Uma porção de 30 gramas fornece 179 calorias, enquanto o conteúdo total de açúcar é de apenas 7,2 gramas.

Chocolate meio amargo: Misture uma pequena quantidade de cacau com chocolate amargo, mas ainda é melhor do que leite.

Seus ingredientes geralmente contêm cerca de 50% de cacau, que é ligeiramente mais doce e perfumado. Uma porção de 30 gramas deste chocolate fornece 164 calorias, mas contém 14,3 gramas de açúcar total.

Chocolate de leite: O chocolate de leite contém substitutos do cacau derivados principalmente do leite em pó. O teor de cacau desse chocolate está entre 25% e 46%.

No entanto, existem outras opções, incluindo álcool, manteiga de cacau e outros ingredientes. Conhecido por sua textura cremosa e doçura, o produto final é muito procurado no mercado.

Em média, 30 gramas de leite com chocolate contêm 160 calorias e 15,4 gramas de açúcar, dependendo da receita.

Chocolate Branco: Não aceito como chocolate. Feito com manteiga de cacau, não com cacau. Seus ingredientes também incluem leite, açúcar e lecitina. Em suma, é o mais delicioso e o mais delicioso.

Não tem efeitos antioxidantes ou benéficos e é rico em açúcar e gordura. A mesma porção de 30 gramas fornece 162 calorias e 17,7 gramas de açúcar.

Quanto chocolate amargo você come todos os dias?

Os benefícios são muitos, mas é possível beber chocolate a pedido? Infelizmente, você precisa comer com moderação para manter seus efeitos benéficos. Afinal, como disseram nossos avós, sobrou muita coisa, certo?

Se você é saudável, o chocolate amargo também é uma boa fonte de calorias e gordura. Comer demais pode ser prejudicial à saúde. A dose diária recomendada é de 25g a 30g.

Essa quantidade é suficiente para obter todos os benefícios sem interromper a dieta ou adicionar calorias à dieta.

Finalmente, um dos principais problemas de comer muito chocolate é a obesidade. Além do açúcar, também aumenta o colesterol e os triglicerídeos no sangue, aumentando assim o risco de diabetes.

O chocolate é rico em aminas vasoativas e dilata os vasos sanguíneos, o que pode causar dores de cabeça rapidamente. Finalmente, como os alimentos são ricos em oxalatos, muito chocolate pode tornar as pedras nos rins viciantes.

Portanto, tudo o que você precisa fazer é aumentar sua dose.Para melhorar sua saúde, você deve manter bons hábitos como alimentação saudável, exercícios e sono regular. Lembre-se, você precisa investir. Em caso de dúvida, consulte um nutricionista.

Veja todas as três opções de chocolate


Clique para avaliar este post!
[Total: 0 Média: 0]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui