Seul cria a maior onda 3D do mundo

0
74

Uma grande onda passa pelo coração de Seul, na Coreia do Sul.

A d’strict, uma empresa que projeta e produz conteúdo visual para publicidade externa, criou uma instalação de mídia pública que traz o poder das ondas do mar para a cidade.

Qualquer pessoa que chegue à praça K-Pop no distrito de Gangnam em Seul se depara com um cenário incomum.

Uma onda gigante parece bater no edifício SMTown COEX Artium da cidade. Mas, na verdade, não contém uma gota de água salgada.

d’strict desenvolveu a maior ilusão anamórfica do mundo com uma tela de 1600 metros quadrados com resolução de 8K.

O projeto de mídia tem 20,1 metros de altura e 80,9 metros de largura. Para dar vida ao espetacular efeito 3D, a Samsung teve que produzir mais de 31.000 painéis de vídeo.

Visto de um certo ângulo, a tela retangular dá a impressão de que a onda massiva tem volume.

Uma ilusão anamórfica

A projeção distorcida cria a ilusão de que a água colide com o vidro, prestes a se quebrar e a devorar os transeuntes.

“Nosso objetivo era criar uma experiência imersiva, aproveitando a beleza e a dinâmica das ondas à medida que evocam sensações de conforto, que agora são muito necessárias”, disse Jun Lee, diretor de desenvolvimento de negócios da Strictly.

A simulação realista “Wave” aparece por um minuto a cada hora e literalmente para o tráfego no mercado.

d’strict tem o compromisso de continuar a criar experiências centradas no usuário por meio da integração de conteúdo e tecnologia de mídia digital.

“Produzimos muito conteúdo artístico, além da publicidade em telas de LED de mídia pública de vários tamanhos e formatos em saguões de escritórios, shoppings, hotéis e parques temáticos”, disse Sean Lee, CEO da ‘Strict, da surfrToday.

“Proprietários que possuem mídia externa pública geralmente ganham dinheiro com publicidade, mas nem sempre veiculam conteúdo publicitário.”

Em muitos casos, diferentes tipos de conteúdos artísticos são utilizados para criar um bom ambiente no espaço onde estão instalados os meios de comunicação públicos ”.

O Wave foi o primeiro projeto de grande escala desse tipo, mas o d’strict pretende continuar produzindo conteúdo IP para proprietários de residências que possuem telas de LED para mídia pública.

Clique para avaliar este post!
[Total: 0 Média: 0]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui