O surfista de florete cruza um aqueduto francês do século 19

0
161
philippecaneri
philippecaneri

O foil surf está mudando a forma como as pessoas podem acessar áreas que antes eram inacessíveis em todos os tipos de água.

O hidroavião mudou o paradigma do surf clássico que nos diz que precisamos das ondas para deslizar sobre oceanos, rios e piscinas cobertas. Este não é o caso.

Horue é uma empresa francesa de desportos aquáticos que se dedica a tudo o que se relaciona com foil: pranchas, velas, peças sobressalentes e asas.

Philippe Caneri, o fundador da Horue e um pioneiro em se frustrar, gosta de promover seus produtos por meio de vídeos inovadores que geralmente apresentam acrobacias perigosas, garotas gostosas, lanchas e histórias emocionantes.

Desta vez, o empresário extravagante decidiu trazer seu florete favorito para Fontaine-de-Vaucluse, uma cidade medieval no sudeste da França.

O local possui uma das maiores nascentes cársticas do país, além do Aqueduto Gallas, um lindo aqueduto vivo construído em 1857.

Então, o que Caneri tinha em mente está bem claro agora. Isso mesmo: em um local sem ondas, ele bombeou seu sistema de alumínio sobre o sistema de fluxo de água doce.

Clique para avaliar este post!
[Total: 0 Média: 0]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui