O jornalista de surf Michael Scott Moore é libertado na Somália

0
97
michaelscottmoore2
michaelscottmoore2

O jornalista de surf Michael Scott Moore foi libertado na Somália após quase três anos de sequestro por milícias armadas na Somália.

O autor de “Doçura e sangue: como o surf se espalhou do Havaí e da Califórnia para o resto do mundo, com resultados inesperadosele está bem de saúde, apesar de ter vivido 33 meses nas mãos de piratas.

Moore, 45, já esteve em Mogadíscio, capital da Somália, e as autoridades locais confirmaram que ele está “feliz por ser livre” e que está em boas condições físicas e psicológicas.

O jornalista germano-americano foi sequestrado em 21 de janeiro de 2012 perto da cidade de Galkayo. Eu estava trabalhando em um livro sobre pirataria.

Não está claro se um resgate de $ 1,6 milhão foi pago. Em maio de 2012, os hackers postaram um vídeo no YouTube ameaçando vendê-lo a um grupo terrorista afiliado à Al Qaeda se o resgate não fosse pago.

“Nunca perdemos a esperança e agora estamos felizes com Michael e sua família porque este pesadelo finalmente acabou”, disse Wolfgang Buchner, editor do Der Spiegel, um jornal alemão para o qual Moore trabalhou.

Clique para avaliar este post!
[Total: 0 Média: 0]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui