A Red Bull está dominando o surf?

0
95
koloheandino17
koloheandino17

Sim, a bebida energética mais famosa do mundo tem precedência sobre o surf. Como você deve ter notado, a indústria do surf está mudando. Será que os “Quatro Grandes” continuarão como os conhecemos? Não, a Red Bull está aumentando a pressão no mercado conservador da indústria do surf.

Rip Curl, Quiksilver, Billabong e O’Neill. Há mais de duas décadas, estas são as marcas que tradicionalmente víamos nas prateleiras das nossas lojas de surf locais.

Mas o oligopólio clássico do surf está lentamente cedendo. Pequenas marcas estão crescendo e a nova geração de surfistas está em busca de novos conceitos de nicho na hora de comprar roupas e equipamentos de surf.

A Red Bull também está crescendo no surf. Eles não só fizeram os melhores vídeos de surf, mas também aumentaram o nível de patrocínio com surfistas livres profissionais e competitivos. Temos que admitir que vender latas não é diferente de vender shorts.

Fundada em 1987 por Dietrich Mateschitz, a marca é mais do que uma produtora de bebidas energéticas. Hoje, os eventos do logotipo da Red Bull estão por toda parte e as competições de surfe não são exceção. Eles têm novas regras, formatos criativos e critérios de avaliação prontos para uso.

Parece claro que o interesse apaixonado da Red Bull por desporto motorizados, ciclismo, skate, salto de penhascos e snowboard se espalhou para desporto de golfe como kitesurf, windsurf e surf. Apenas o bodyboard parece fora da equação.

A Red Bull assinou contratos com os melhores surfistas, incluindo Jamie O’Brien, Julien Wilson, Michel Bourez, Adriano de Souza, Mick Fanning, Jordy Smith, Kanoa Igarashi, Kolohe Andino, Gabriel Villaran, Sally Fitzgibbon, Carissa Moore e muitos mais.

Maya Gabeira: colecione bonés Red Bull

A marca austríaca também joga pontos fortes no campo do surf de ondas grandes. Maya Gabeira, a intrépida brasileira que quase perdeu a vida na Nazaré, faz parte da equipe. Adicione Carlos Burle, Ramon Nazarro e Ian Walsh e o estrago está feito.

A Red Bull dá novas asas aos surfistas. Quer o energético abra as portas a eventos de surf inovadores ou cole autocolantes na ponta da prancha, a verdade é que a empresa está ao mais alto nível na prática do desporto.

Qual será o próximo passo da Red Bull no surfe global? Patrocinar o ASP World Tour e os melhores surfistas do mundo? Em 2013, a receita anual da Red Bull foi de 5,04 bilhões de euros (US $ 6,73 bilhões). Isso pode ser o suficiente.

Volume de negócios da empresa 

Red Bull> $ 6,73 bilhões
Quiksilver> $ 1,81 bilhão
Billabong> $ 1,34 bilhão
Rip Curl> $ 400 milhões
O’Neill> não disponível

Clique para avaliar este post!
[Total: 0 Média: 0]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui