Por que, quando e como os tubarões atacam os surfistas?

0
13
sharkywater
sharkywater

Os tubarões estão no topo da cadeia alimentar. Os predadores do oceano seguem seus instintos. A boa notícia é que as pessoas não estão em suas listas de dieta. Mas, assim como nós, eles também cometem erros.

Nadadores e surfistas não são os pratos preferidos dos tubarões. Eles preferem leões marinhos, tartarugas marinhas, peixes, baleias e focas.

A maioria dos ataques de tubarão ocorre perto da costa, na zona de arrebentação e em bancos de areia, já que suas presas naturais vivem nessas áreas. Mas os ataques também ocorrem em encostas íngremes subaquáticas, onde os mergulhadores costumam nadar.

Os tubarões precisam tomar decisões rápidas para pegar comida, e os humanos às vezes são mal interpretados pelo predador quanto à sua comida natural.

Quando isso acontece, os tubarões colocam seus dentes para trabalhar, gerando 40.000 libras por polegada quadrada de pressão que esmaga carne e ossos em uma fração de segundo.

Mais espécie mortal de tubarão são eles o tubarão branco (Carcharodon carcharias), o tubarão tigre (Galeocerdo cuvier) e o tubarão buldogue (Carcharhinus leucas).

Tubarões: ao pôr-do-sol são mais ativos porque procuram comida |  Foto: Shutterstock

Tipos de ataque de tubarão

Existem três tipos principais de ataques de tubarão não provocados: ataques de bater e correr, ataques de bater e morder e ataques furtivos. Em outras palavras, os tubarões têm três estratégias de ataque diferentes.

Em ataques de bater e correr, o tubarão inflige um pequeno rasgo na vítima, sai nadando e nunca mais retorna.

Este é o ataque de tubarão mais comum e menos perigoso e geralmente envolve surfistas e nadadores.

O ataque de facada e mordida geralmente ocorre em águas profundas. O tubarão circula e atinge a vítima antes de causar ferimentos fatais.

Em ataques furtivos, os tubarões aparecem sem aviso e mordem suas vítimas até a morte.

Os ataques de tubarão são mais comuns ao amanhecer e ao anoitecer, precisamente quando estão se alimentando mais ativamente.

Além disso, como a visibilidade é limitada ao anoitecer, os tubarões podem confundi-lo com presas ou inimigos.

É por isso que você deve evitar surfar apenas em águas infestadas de tubarões. O predador tende a atacar indivíduos em vez de grupos, portanto, formações aglomeradas podem ter suas vantagens.

Dicas para ficar seguro

Os cientistas acreditam que os tubarões podem cheirar e sentir o gosto de sangue à distância, então pessoas com feridas abertas e mulheres menstruadas devem ficar fora da água em áreas conhecidas por ataques regulares.

Mas tem mais: os surfistas que pegam ondas após as chuvas ou em áreas de pesca e redes de esgoto correm maior risco de serem atacados por tubarões.

Cores contrastantes em pranchas de surfe, roupas de neoprene, shorts de banho e joias brilhantes também não são uma boa ideia.

Evite águas turvas e não fique muito longe dentro das instalações. Mude de direção com frequência, como se você estivesse se comportando como um predador.

Fique longe de áreas com alta densidade de leões marinhos, tartarugas e peixes.

Drenos de tempestades, cais, portos de pesca, barragens e cais também costumam ser locais mais perigosos.

Veja o mais surpreendente fatos sobre tubarõese aprender a sobreviver a um ataque.

Para obter mais informações sobre este tópico, leia »Surfando com o grande tubarão branco. ”

Clique para avaliar este post!
[Total: 0 Média: 0]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui