O que o surf e a política têm em comum?

0
111
empireinwaves
empireinwaves

O que o surf e a política têm em comum? Scott Laderman, autor de “Empire in Waves: A Political History of Surfing”, está prestes a chocar algumas almas ingênuas.

O surf é mais do que um esporte. O surf na onda é amplamente conhecido por seu amplo espectro de ação. Como sabemos, o surf há muito afeta os aspectos culturais, econômicos, sociais e políticos.

Scott Laderman, professor associado de história da Universidade de Minnesota, em Duluth, explica por que o surfe esconde um lado negro, apesar da imagem transparente aprimorada por “Gidget“, os Beach Boys e os”Esmagamento azul

A realidade pode ser chocante, principalmente quando os surfistas e surfistas desempenham um papel decisivo no curso da história. Mencionar o turismo global, os paraísos do surf no terceiro mundo, o apartheid, a guerra fria e os movimentos de independência podem ser suficientes.

“Empire in Waves: A Political History of Surfing” não pretende julgar o esporte do surf. No entanto, esta é uma pesquisa fundamental para esclarecer questões polêmicas que nunca foram divulgadas.

Laderman é bastante claro. A globalização do surf “anda de mãos dadas com o sangue e a repressão do longo século 20”. O livro dele não deve faltar na sua biblioteca de surf.

Para receber “Rico em ondas. ”

Clique para avaliar este post!
[Total: 0 Média: 0]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui