Como você vive o melhor estilo de vida do surf?

0
64
surfinglifestyle
surfinglifestyle

Se a ilustração icônica de um surfista é a de um indivíduo pacífico levando uma vida simples, a realidade muitas vezes exige sacrifício e um modo de vida muito diferente do dos não surfistas.

Na verdade, a vida de um surfista não depende apenas de sua aparência, das roupas que veste ou simplesmente de ter uma prancha de surf debaixo do braço.

É apenas um estado de espírito, uma dedicação ao oceano e a aceitação de que quase tudo tem que ficar para trás quando as ondas começam a rolar.

As pessoas que gostam de surfar geralmente tendem a fazê-lo de duas maneiras: entrando no oceano e surfando dia após dia durante um intervalo dedicado, ou abandonando as armadilhas usuais da vida e viajando pelo mundo em busca delas. onda perfeita.

De qualquer forma, a maioria das pessoas provavelmente terá que viver com moderação para atingir seus objetivos. Para um surfista nômade, significa viver sem muitos dos luxos e regalias que são considerados a norma.

Também inclui relacionamentos, posses e outras coisas que normalmente são usadas para significar segurança e estabilidade.

Respire nas ondas

O surfista moderno também é um cidadão do mundo. Você precisa saber antes de ir.

Portanto, marque as seguintes caixas se quiser viver a melhor vida de surf:

1 conhece o oceano: aprender o que é o vento e como isso afeta o oceano antes de começar fazer ondas;

2 Comer bem: Fast food é o pior inimigo do surf. Projeto sua própria dietae incorporar frutas em seus hábitos diários;

3 treine seu corpo: Peça a um profissional para desenvolver um programa de treinamento de surf que se encaixe na sua programação semanal;

Quatro. Estude mapas meteorológicos– aprimore seus conhecimentos sobre previsão de ondas e antecipe o melhor swell;

5 Leia livros de surf: Pode parecer estranho, mas a literatura sobre surfe o tornará um surfista melhor;

6 Surfar mais: Crie uma rotina de surf e não deixe que o inverno o impeça de pegar ondas;

7 Não siga o rebanho: os surfistas tendem a surfar onde os outros surfistas fazem: observe as ondas e faça o seu próprio julgamento;

8 Viaje e procure novas ondas: planeje um viagem de surf, construa sua própria hierarquia de pontos de surfe e defina uma escala de qualidade de onda personalizada;

9. Respeite os outros: Os surfistas consideram o surfe um esporte abençoado e espiritual, mas podem ser gananciosos e gulosos quando se trata de pegar ondas: mostrar respeito é aprender a respeitar;

dez. Seja você mesmo: não imite, não imite; deixe sua mente e alma lhe dizerem o que fazer nas ondas;

Surf: para se tornar um surfista completo, você deve viajar o ano todo, ler livros, estudar mapas meteorológicos e surfar |  Foto: Shutterstock

Surf como um espelho da vida

Surfar frequentemente nos ensina aulas para viver a vida ao máximo. Por exemplo, temer É normal.

Somos apenas humanos. Fazer algo novo, algo que você nunca fez antes, é assustador.

Até você tentar, você estará muito ocupado para se importar.

Quando você pensa em surfar ou em enfrentar algo novo na vida, o que de pior pode acontecer? Um grande hematoma na coxa? Um olho preto? Um dente quebrado?

Essas coisas são uma possibilidade, mas muito melhores do que relaxar na praia e ver todos se divertindo.

Experimentar as coisas e lidar com o seu medo lhe dará um novo valor em todos os aspectos da sua vida de surfista.

Cada vez que você surfa, você geralmente ultrapassa os limites, tenta algo novo e faz valores predeterminados.

Quando você se depara com um wipeout, é assustador – você é empurrado para baixo da água, não consegue distinguir o topo do fundo e não consegue descobrir exatamente onde está a sua prancha de surf.

Mas você geralmente reaparece e vive para tentar novamente.

Surfar é como a vida – se você tiver contratempos, volte para a sua prancha e volte para o caminhão para tentar novamente.

Relaxe – você se perderá, avaliará mal a onda, cometerá erros ou ficará preso no lado errado de uma onda grande.

É difícil, dói, mas definitivamente acontece com todo mundo; Isso é chamado de curva de aprendizado.

Para os surfistas que decidiram viver fora do modo de vida convencional, o surf não é considerado um esporte, é um modo de vida e, em alguns casos, talvez uma religião.

Mesmo para alguns surfistas envolvidos no circuito competitivo, as competições são vistas como uma forma de financiar o seu vício pelo surf.

Para aqueles que estão completamente imersos no estilo de vida do surf, surfar é um vício.

Sempre será difícil ver uma cena de praia em um filme sem olhar para as ondas do oceano ao fundo; cenas de praia exóticas e calmas de repente parecem desagradáveis, especialmente porque não há surfe.

Então … só um surfista conhece a sensação.

Clique para avaliar este post!
[Total: 0 Média: 0]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui