Como se tornar um escritor de surf?

0
144
surfwriter
surfwriter

Aprenda como construir uma carreira no jornalismo de surf e desenvolver suas habilidades de escrita interior. Torne-se um jornalista de surf experiente ou um autor de surf de sucesso agora.

Na era das “notícias falsas”, tornar-se um criador de conteúdo confiável não é fácil. Existem muitos recursos, muitas distrações digitais e, da perspectiva do consumidor, menos tempo e paciência para o mundano e os chavões.

O surf é um Desporto muito visual.

E porque é baseado em uma simbiose enigmática entre humanos e natureza, você raramente precisa de palavras para descrever o que você vê: uma onda perfeita e solitária, uma montanha gigantesca de água ondulante, uma onda estranha que se afasta e explode no Banco.

E também, um homem ou uma mulher que o monta pelo simples mas viciante prazer de fazê-lo.

Mas é precisamente porque se torna tão visualmente atraente que o surf teceu sua própria teia de conexões.

Desde as suas origens históricas e técnicas de construção das pranchas de surf até à sua diversidade musical, cultural, científica e sociológica, o surf tem sido objeto de uma grande variedade de análises.

Portanto, escrever sobre o surf é um processo natural e algo que deve e será feito sempre que houver ondas para surfar.

Existem duas formas de navegar nos documentos: através dos meios de comunicação e dos diversos canais, livros e publicações.

Jornalismo de surf: uma carreira que combina palavras e ondas |  Foto: Creative Commons

Fatos e Ficção

Poderíamos também dizer que existem duas formas de ver o surf: através dos fatos, do conhecimento, da verdade e da atualidade, que pode ser jornalismo, história ou ciência; e por meio da escrita de ficção.

Qualquer que seja a sua inclinação, escreva palavras tendo o surf como tema central.

Você pode desenvolver uma carreira no jornalismo do surf, na história do surf ou até mesmo na saúde do surf por meio de um diploma de medicina, bem como se inclinar para a literatura e a ficção.

Se o seu objetivo é se tornar um jornalista de surf respeitado, há algumas coisas que você deve saber antes de enviar seu trabalho para editores ou empregadores em potencial.

Uma das primeiras coisas a considerar é que você deve tomar decisões.

1. Você prefere qualidade à quantidade ou vice-versa?

Você gosta de artigos de notícias de dez parágrafos ou jornalismo investigativo? Depois de decidir se é um velocista ou maratonista, você pode prosseguir para a próxima fase;

2. Crie um mapa de surf multimídia

Coloque o logotipo de cada canal de mídia em uma página em branco e organize-os como quiser. Isso o ajudará a decidir para onde ir e quais opções podem se adequar à sua personalidade;

3. Desenvolva a consciência pessoal

O circo do surf media é dirigido por milhares de competidores e profissionais entusiasmados.

Crie um site profissional, abra algumas contas de mídia social e escreva alguns artigos inspirados na web. Certifique-se de que todos esses canais permaneçam ativos e sejam atualizados regularmente;

4. Não tenha uma política de juramento

Embora isso possa parecer ótimo para um público mais jovem em certas circunstâncias, linguagem imprópria e ofensiva reduzirá imediatamente suas chances de atrair leitores adultos e empregadores;

5. Seja claro e direto

Uma das regras de ouro do jornalismo de qualidade é “uma ideia por frase”. Se você o mantiver, seus artigos serão ricos e verdadeiramente informativos.

6. Comece a escrever como freelance

Comece a carreira dos seus sonhos na indústria do surf, apresentando recursos únicos e exclusivos para os principais players de mídia de surf do mundo.

Como um blog colaborador ou redator de marca, sugira artigos de notícias curtos e entrevistas interessantes com pessoas importantes.

Um escritor freelance tem muita flexibilidade para gerenciar sua agenda e combinar a escrita com um trabalho mais sério das nove às seis;

7. Desenvolva seu interesse natural

Se você gosta do história do surf, Chegar. Descubra a conexão da sua cidade com o surf e volte à máquina do tempo.

Você é fã da história de vida de Duke Kahanamoku? Navegue pelos arquivos online, entre em contato com universidades havaianas e converse com pessoas que o conheceram;

Nunca pare de navegar, nunca pare de escrever

Mais cedo ou mais tarde, alguém o convidará a compartilhar seu trabalho com um público mais amplo.

Você pode começar em um blog de surfe, ir a um jornal local e, eventualmente, ir a uma plataforma de notícias internacionais online ou revista de surf, onde suas palavras são importantes para milhares de leitores;

O jornalismo de surf é uma maneira emocionante de se viver.

Mas não espere sentar na praia e ver outras pessoas surfando e escrever sobre isso. É muito mais do que isso.

A University of Southern California até começou um curso de jornalismo de surf para surfistas obstinados que escrevem.

Mas, quer você goste de fatos ou de ficção, só vale a pena escrever se você tiver algo relevante a dizer.

Não é necessário dominar todas as palavras do dicionário nativo. É sobre ser criativo e inovador na abordagem.

Fotografia do surf: uma parte fundamental do jornalismo do surf moderno |  Foto: Shutterstock

Não há desculpas

O ato de escrever não difere de nenhum outro trabalho ou profissão. Você se compromete, estabelece uma meta e espera que eu coloque comida na mesa.

O Bloco do Escritor é um mito. É uma desculpa externa para um dia ou hora que temos ou com que estamos lidando.

Tome uma xícara de café ou algumas ondas e volte para o seu laptop. Você verá suas ideias irem sem fio do cérebro para o teclado.

Se você não gosta dos fatos e do musgo do dia e prefere desenvolver sua própria história, compre um bom mapa em branco e comece a desenvolver seus personagens e o fluxo da ação do zero.

Se você tiver um guia visual, pode traduzir imagens e palavras escritas em frases.

Algumas das melhores histórias de surfe ficcionais do mundo foram baseadas em personagens e eventos reais. Depende de você determinar o seu caminho.

Existem várias categorias de escrita de ficção.

Você pode escolher embarcar em um romance, conto, drama ou até mesmo histórias de surfe inspiradas em roteiros, surfistas lendários ou mesmo surfistas iniciantes que sonhavam em pegar a melhor onda em um destino tropical.

Livros de surf: os autores são escritores por natureza |  Foto: Ericeiraparadise

Livros de ficção

Se você gosta de textos não informativos, aqui está o que você precisa fazer para criar um livro de sucesso:

1. Obtenha um título funcional– Encontre uma combinação de palavras que resuma a ideia que você tem em mente;

dois. Escreva o resumo do livro– Encontre uma descrição curta e clara do livro que o resuma em algumas frases;

3 Indexar seus capítulos: divida seu livro em seus momentos mais importantes;

Quatro. Comece a escrever de graça– deixe as primeiras palavras fluírem e não se preocupe com a qualidade do som;

5 Verifique seu índice preliminarAssim que você sentir que atingiu um bom ritmo de escrita, faça as modificações necessárias na lista de capítulos do livro;

6 Planeje suas horas de escrita– Defina um cronograma apertado para impulsionar o livro na direção certa;

7 Faça anotações fora do departamento: use o seu smartphone para anotar as ideias que tem enquanto dorme, come, toma banho ou relaxa;

8 Não perca o ímpeto: Crie e mantenha uma lista viável de erros de digitação diários, não importa o quê;

9 Deixe seu livro determinar seu final– Esteja aberto a mudanças de curso imprevisíveis e nunca defina um número total predeterminado de páginas para o seu trabalho;

dez. Fique longe quando terminar de digitar– Depois de terminar sua obra-prima, espere algumas semanas antes de lê-la e relê-la;

Não duvide. Torne-se um escritor de surf de sucesso hoje. Envie seu trabalho e obtenha todos os comentários positivos de leitores com os quais você sempre sonhou. A escrita do surf é a arte de transformar sal em tinta.

Clique para avaliar este post!
[Total: 0 Média: 0]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui