Blog – Desfrute da Ericeira

0
44
Na Ericeira, todos os cariocas vivem à beira-mar, o que significa apanhar marisco na maré baixa e nas ondas pequenas. Além dos famosos mexilhões, aqui se colecionam outras coisas que eu não tinha ideia antes. Da mesma forma o mini fones de ouvido no cracas.

Tivemos sorte e na semana passada o nosso vizinho veio trazer-nos algumas surpresas: mini fones de ouvido no cracas.

A primeira vez que entrei em contacto com os oriços foi quando saí da água depois de uma sessão de surf em Ribeira D’ilhas e fiquei com o pé dorido. Eu estava em um oriço, e é uma ideia meio viva nos seus pés. Então você também pode comer esses oriços. Abrir os oriços não é fácil e você pode aproveitar um pouco.
Os portugueses parecem ter uma ferramenta especial para isso. Infelizmente não tínhamos nenhum disponível, então armados com uma tesoura e uma faca (e paciência) abrimos os oriços.

Fresco, é melhor comê-lo cru – come-se a parte vermelha do oriço (ver fotos à esquerda e à direita). No dia seguinte fizemos o macarrão oriço, que parece ser uma especialidade italiana (segundo meu amigo italiano).

Além disso, também recebemos percebes. Claro, não parece o mais apetitoso de todos os frutos do mar que temos à nossa disposição, mas é muito mais delicioso do que parece! Aqui em Portugal come-se muito e custa caro. As percepções não são fáceis de entender. Eles são freqüentemente encontrados em cavernas e locais de difícil acesso e, portanto, coletá-los pode representar um risco considerável.

A preparação dos percebes, por outro lado, é simples e rápida. Use água do mar em quantidade suficiente para cobrir todos os percebes (como macarrão por exemplo) e leve-os para ferver. Em seguida, adicione os percebes. A água deve agora parar de ferver por um tempo, pois as percepções foram adicionadas. Assim que a água ferver novamente, escorra-a e coloque os poleiros na geladeira por cerca de 10 minutos. Então eles estão prontos para comer!

Comer envolve uma técnica diferente. Você não pode comer toda a trama. A parte comestível fica dentro da parte preta (não o “casco”). Você pode ativar a “sapata” e ao mesmo tempo tentar desligar o preto externo. Quando terminar, você pode ver a parte comestível e mordê-la.

Desfrute de sua refeição!

window.fbAsyncInit = function() {
FB.init({
appId : ‘190291501407’,
xfbml : true,
version : ‘v2.6′
});

// Set Facebook comment plugin’s colorscheme based off of theme
var comments = document.getElementsByClassName(‘facebook-comment-widget’),
scheme = document.body.className.match(‘wsite-theme-light’);

for (var i = 0; i < comments.length; i++) {
comments[i].setAttribute('colorscheme', scheme ? 'light' : 'dark');
}

var fbCommentCounts;

FB.Event.subscribe('xfbml.render', function(){
fbCommentCounts = jQuery('.fb_comments_count');
for (var i = 0; i < fbCommentCounts.length; i++) {
var commentText = (jQuery(fbCommentCounts[i]).text() == '1' ? "Reactie" : "Reacties");
jQuery(fbCommentCounts[i]).parent().siblings('.fb_comment_count_label').text(commentText);
}
});

var comment_callback = function(res) {
FB.XFBML.parse(); // Refresh comment counters on page
}

FB.Event.subscribe('comment.create', comment_callback);
FB.Event.subscribe('comment.remove', comment_callback);

};

(function(d, s, id){
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) {return;}
js = d.createElement(s); js.id = id;
js.src = "https://connect.facebook.net/"+_W.facebookLocale+"/sdk.js";
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, 'script', 'facebook-jssdk'));

Clique para avaliar este post!
[Total: 0 Média: 0]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui